domingo, 28 de novembro de 2010

Bebê Ruivo, Uma Pequena Grande Mulher

Há vinte dias minha mãe caiu (na casa de minha irmã Luciana) quando pegava a mamadeira do Bebê Ruivo (Letícia, Lelê pros íntimos). Mamãe enroscou o pé na manta do sofá, caiu e quebrou um osso da púbis chamado ramo. Bem , quem a ajudou enquanto eu chegava, foi este lindo Bebê a quem eu chamo de Bebê Ruivo desde que nasceu. Pegou o telefone na bolsa da vovó, pra ela ligar e tentou abrir a porta pra quando eu ( Ti Gal) chegasse. E disse assim: “Tá duro vovó, não consigo!”

Cheguei com meu marido Marcelo e levantei minha mãe que estava de joelhos no chão e a colocamos no sofá. Meu marido foi trabalhar enquanto eu fiquei com Lelê e com minha mãe esperando a ambulância chegar.

Mamãe pediu que eu a ajeitasse no sofá que estava doendo. Enquanto tentava ajudá-la de um lado, Bebê Ruivo mais que rapidamente foi pro outro lado e pegou no braço de Mamãe fazendo força pra ajudar...Minha mãe olhou pra mim com os olhos marejados e disse: “Olha isso Gal!” eu me fazendo de forte disse: “Muito bem Bebê, ajuda a Tia Gal com a vovó!”

Minha postagem anterior foi um vídeo sobre atitude. E este agora também é. Meu Bebê Ruivo tem dois anos e oito meses, muito esbelta, um sorriso lindo e muita Atitude, com certeza você já é uma GRANDE MULHER.

AMO VOCÊ !!! Meu Bebê Ruivo!

beijalilah's

Gal

Obs: Qualquer hora dessas conto como esse Amor começou.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

ATITUDE




Pessoas grandes problemas grandes, pessoas pequenas problemas pequenos.
Só depende do ponto de vista de cada um no que se diz de grande e pequeno.

Beijalilah's

Gal

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

MELHOR AMIGA


MENINAS



Acreditava no conceito de apenas UMA
melhor amiga para toda a vida.


Depois, como mulher, descobri que
se você permitir que seu coração se abra,
você encontrará o melhor em muitas amigas.



É preciso uma amiga quando você está
com problemas com seu homem.
É preciso outra amiga quando você está
com problemas com sua mãe ou irmã.
Uma quando está se sentindo muito gorda,
ou muito magra, muito alta ou muito baixa...
Uma outra quando você quer fazer compras,
compartilhar, curar, viajar, rir, ferir, chorar,
meditar, brincar, ir ao cinema, ao teatro,
ir ao salão de beleza, se divertir na praia ou
apenas ser você mesma.



Uma amiga dirá 'vamos rezar',
uma outra 'vamos chorar',
outra 'vamos lutar',
outra 'vamos fazer compras',
outra 'vamos saltar de pára-quedas'...




Outra 'vamos numa vidente',
ou 'vamos tomar um porre',
outra 'vamos paquerar',
outra 'vamos para um SPA', ou...




Uma amiga atenderá às suas necessidades espirituais,
sempre saberá dar o melhor conselho e você sentirá
que é uma resposta divina...



Uma outra amiga atenderá à sua loucura por filmes, livros e DVDs...
uma outra à sua paixão por sapatos ou bolsas...



Uma outra por perfumes, jóias, velas ou incensos,
uma outra por cultura, aventuras e viagens...



Uma outra amiga atenderá seu desejo por chocolates,
outra por quadros, decoração,
outra por música e dança...



Outra enviará uma resposta que você precisa por email,
outra estará com você fisicamente em seus períodos confusos,
outra estará a milhares de KM,
mas dará um jeitinho de se fazer presente...


Outra será seu anjo protetor
e uma outra será como uma mãe.



Mas onde quer que ela se encaixe em sua vida,
quer você a veja pessoalmente ou não,
independente da ocasião,
quer seja no seu casamento,
ou apenas numa segunda-feira chuvosa,
todas são suas melhores amigas
e estarão presentes como puderem.



Elas podem ser concentradas em uma única mulher ou
em várias...
uma do ginásio,
uma do colegial,
várias dos anos de faculdade...
Umas da academia,
outras do clube,
outras daquela viagem...
Algumas de antigos empregos,
algumas da igreja
ou da Yoga...



Outras da internet,
outras amigas de suas amigas,
ex cunhadas,
ex rivais,
ex chefes
ou ex colegas...
Pode ser até mesmo aquela escritora famosa
que te ajuda através de um bom livro ou de um programa na TV...
Em alguns dias uma "estranha" que acabou de conhecer e
em outros até mesmo sua filha ou neta.

Pode ser ainda sua irmã, cunhada, prima, tia, madrinha, mãe, vó, bisa, vizinha...
Enfim, as possibilidades são infinitas!



Assim, podem ter sido 30 minutos ou 30 anos
o tempo que essas mulheres passaram
e fizeram a diferença em nossas vidas,
elas sempre deixam um pouquinho delas dentro da gente!



Muito obrigada por fazer parte do círculo de
mulheres maravilhosas que eu tenho
o prazer de conviver e que fizeram e
ainda fazem a diferença em minha vida.


Adoro você,
independente do nível de amizade
e com a mesma intensidade que a distância
nem tempo diminuem!

Grande Beijo!

Amo Vocês

Gal































quinta-feira, 30 de setembro de 2010

MADINHA E AFILHADA - 02 de Outubro - ALUAHA

Recebi este email da Ana que diz asssim...


"Gracinha, não sei se você tem recebido os emails do Aluaha, mas no dia 02 de outubro vai ter o batismo das bailarinas, e eu gostaria muito de saber se você poderia ser a minha madrinha! Mesmo porque eu só comecei com essa história de dança do ventre depois de tudo o que você me falava nas aulas do Pilates. Aliás, eu só tenho a te agradecer por isso, pois estou gostando muito das aulas. É bem como você me falava, é tipo uma terapia, ando ultimamente com a vida muito corrida, estou com muito servico no trabalho e estou fazendo um curso de especializacao na minha área que está tomando todo o meu tempo livre. Mas o horário da aula de dança eu não perco de jeito nenhum!

Conclusão, eu ficarei muito feliz se você puder ser minha madrinha. Mas se não for possível nao tem problema, eu entendo, tá!

Um grande beijo!

Ana
É lógico que aceitei! Estou comovida e agradecida pelo convite. Isto é muito sério pra mim. Sei também o quanto é sério pra Ana. Mais uma vez...
Agradecida!
Beijalilah's!!!!
Gal Jalilah

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Meu Sorriso Garfield


Promessa é dívida! Quanto mais vivemos
mais aprendemos. Tenho que administrar
melhor o meu tempo. Estou aqui exatamente
como meu amigo Garfield. Fazendo mil coisas
ao mesmo tempo e sem tempo.
Queria ter feito meu Diário e não fiz.
Não sei escrever por escrever, preciso
estar inteira, com sentimento...sou muito
intensa...melhor ser menos né!?
Meu pedido de desculpas para os meus
amigos queridos!!!
Muitas Saudades!
Beijalilah's!
GAL Jalilah
(tenho certeza que vocês entendem)


terça-feira, 8 de junho de 2010

Diário


Como me prometi...

Ontem o dia foi uma luta. Sim luta comigo pra fazer a priorização. Começo fazendo umas
compras no mercado pra mim, ai compro pra casa, pro escritório... tudo bem...mesmo assim
consegui comprar o que eu queria.

A distância do escritório e o mercado da uns três quarteirões, normalmente a forte aqui (comprei mais que devia) carregaria tudo sozinha. Ainda tentei, mas logo lembrei do meu diário de prioridade e chamei reforços.

Pode parecer simples, mas pra mim é muito difícil, sempre faço tudo sozinha, acho que tem que ser sempre assim. Estou mudando...
Tenho sempre uma lista enorme de pessoas na minha frente.

Depois da minha Terapia na Aluaha, fui pra casa e cuidei de mim primeiro sem culpa (ou quase sem culpa), Julia minha filha preparou o jantar dela, meio contrariada mais aceito depois numa boa.

Dormi muito bem ontem, tenho insônia, descansei bem. Talvez esteja sugestionada, mas e daí, né!?

Beijalilah's

Gal

segunda-feira, 7 de junho de 2010

PRIORIDADE


Hoje começo a ficar no topo de prioridades da minha lista.
Melhor ainda, hoje sou minha prioridade.

Porque estou descobrindo que só assim consigo ser
feliz e fazer os meus felizes também.

Farei um diário de 40 dias. Nele contarei como estou
conseguindo ser prioridade dia a dia.


Beijalilah!

domingo, 9 de maio de 2010

A CANÇÃO DE QUALQUER MÃE


Que nossa vida, meus filhos, tecida de encontros e desencontros, como a de todo mundo, tenha por baixo um rio de águas generosas, um entendimento acima das palavras e um afeto além dos gestos – algo que só pode nascer entre nós. Que quando eu me aproxime, meu filho, você não se encolha nem um milímetro com medo de voltar a ser menino, você que já é um homem. Que quando eu a olhe, minha filha, você não se sinta criticada ou avaliada, mas simplesmente adorada, como desde o primeiro instante.

Que, quando se lembrarem de sua infância, não recordem os dias difíceis (vocês nem sabiam), o trabalho cansativo, a saúde não tão boa, o casamento numa pequena ou grande crise, os nervos à flor da pele – aqueles dias em que, até hoje arrependida, dei um tapa que ainda agora dói em mim, ou disse uma palavra injusta. Lembrem-se dos deliciosos momentos em família, das risadas, das histórias na hora de dormir, do bolo que embatumou, mas que vocês, pequenos, comeram dizendo que estava maravilhoso.
Que pensando em sua adolescência não recordem minhas distrações, minhas imperfeições e impropriedades, mas as caminhadas pela praia, o sorvete na esquina, a lição de casa na mesa de jantar, a sensação de aconchego, sentados na sala cada um com sua ocupação.

Que quando precisarem de mim, meus filhos, vocês nunca hesitem em chamar: mãe! Seja para prender um botão de camisa, ficar com uma criança, segurar a mão, tentar fazer baixar a febre, socorrer com qualquer tipo de recurso, ou apenas escutar alguma queixa ou preocupação. Não é preciso constrangerem-se de ser filhos querendo mãe, só porque vocês também já estão grisalhos, ou com filhos crescidos, com suas alegrias e dores, como eu tenho e tive as minhas.
Que, independendo da hora e do lugar, a gente se sinta bem pensando no outro. Que essa consciência faça expandir-se a vida e o coração, na certeza de que aquela pessoa, seja onde for, vai saber entender; o que não entender vai absorver; e o que não absorver vai enfeitar e tornar bom.

Que quando nos afastarmos isso seja sem dilaceramento, ainda que com passageira tristeza, porque todos devem seguir seu caminho, mesmo que isso signifique alguma distância: e que todo reencontro seja de grandes abraços e boas risadas. Esse é um tipo de amor que independe de presença e tempo. Que quando estivermos juntos vocês encarem com algum bom humor e muita naturalidade se houver raízes grisalhas no meu cabelo, se eu começar a repetir histórias, e se tantas vezes só de olhar para vocês meus olhos se encherem de lágrimas: serão apenas de alegria porque vocês estão aí.
Que quando pareço mais cansada vocês não tenham receio de que eu precise de mais ajuda do que vocês podem me dar: provavelmente não precisarei de mais apoio do que do seu carinho, da sua atenção natural e jamais forçada. E, se precisar de mais que isso, não se culpem se por vezes for difícil, ou trabalhoso ou tedioso, se lhes causar susto ou dor: as coisas são assim. Que, se um dia eu começar a me confundir, esse eventual efeito de um longo tempo de vida não os assuste: tentem entrar no meu novo mundo, sem drama nem culpa, mesmo quando se impacientarem. Toda a transformação do nascimento à morte é um dom da natureza, e uma forma de crescimento.

Que em qualquer momento, meus filhos, sendo eu qualquer mãe, de qualquer raça, credo, idade ou instrução, vocês possam perceber em mim, ainda que numa cintilação breve, a inapagável sensação de quando vocês foram colocados pela primeira vez nos meus braços: misto de susto, plenitude e ternura, maior e mais importante do que todas as glórias da arte e da ciência, mais sério do que as tentativas dos filósofos de explicar os enigmas da existência. A sensação que vinha do seu cheiro, da sua pele, de seu rostinho, e da consciência de que ali havia, a partir de mim e desse amor, uma nova pessoa, com seu destino e sua vida, nesta bela e complicada terra. E assim sendo, meus filhos, vocês terão sempre me dado muito mais do que esperei ou mereci ou imaginei ter.

"Filhos, vocês terão sempre me dado muito mais do que esperei ou mereci ou imaginei ter"
Lya Luft
Esta é uma homenagem para minha mãe, minhas irmãs e minhas queridas amigas mães e as que não são mães... são filhas e este é o sentimento mais próximo da maternidade.
Grande beijo!
Gal filha
Gal mãe
Gal

segunda-feira, 26 de abril de 2010

VOCÊ ESTÁ COM MEDO? NÃO QUER SE EXPOR? E AGORA?

M A R A V I L H O S O S !!!

Que expressão!!! Vamos assistí-los!!! Estou sem palavras...palavras pra quê!?

video

Beijalilah's

Gal

quarta-feira, 10 de março de 2010

R E C O M E Ç A R


Recomeçar

Não importa onde você parou …
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo…Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado.Chorou muito?
Foi limpeza da alma.Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia. Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para “chegar” perto de você.
Recomeçar…hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você que chegar?
Ir alto… sonhe alto…queira o melhor do melhor…
pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos…
Se pensarmos pequeno coisas pequenas teremos ….
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o
melhor vai se instalar em nossa vida.
“Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”
Carlos Drummond de Andrade

Tenho alguns amigos que estão passando momentos delicados em suas vidas... e quem é que não passa!?

Aqui a pessoa que vos escreve também...

É isso...

Grande beijo pra todos vocês meus Amigos!!

Gal Jalilah

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

GUERREIRO DA LUZ

O guerreiro da luz, nunca esquece o velho ditado: o bom cabrito não berra.

As injustiças acontecem. Todos são envolvidos por situações que não merecem, geralmente quando não podem se defender.

Nestas horas, o guerreiro fica em silêncio. Não gasta energia em palavras, porque elas não podem fazer nada.
É melhor usar as forças para resistir, ter paciência, e saber que ALGUÉM está olhando.

ALGUÉM que viu o sofrimento injusto, e não se conforma com isto.
Este ALGUÉM dá ao guerreiro o que ele mais precisa: tempo. Cedo ou tarde, tudo voltará a trabalhar a seu favor.

"Um guerreiro da luz é sábio, não comenta suas derrotas.''
Paulo Coelho

Hoje, Leo meu amado irmão me presentiou dizendo que leu esta mensagem e lembrou de mim...
Leo leu a mensagem...
depois passou por email... conversou um tempão comigo por telefone e não percebeu quão emocionada me deixou.
Disse também que quer aprender comigo!

Leo, hoje você me ensinou com seu AMOR...

Então, parei um pouco meu trabalho e ganhei do universo um pouco de tempo para dizer o quanto...

EU TE AMO!

Gal

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

FELIZ OLHAR NOVO!!!!

O Grande Barato da Vida (Carlos Drummond de Andrade)

"O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história"O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e o AGORA. Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais... Mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho? Quero viver bem!!!!

O ano que passou foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões. Normal. Às vezes se espera demais das pessoas. Normal. A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor machucou. Normal. O próximo ano não vai ser diferente!

Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança? O que eu desejo para todos nós é sabedoria! E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência!

Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim... Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passe-o para a categoria três, a dos colegas. Ou mude de classe,
transforme-o em conhecido. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém. O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de um lance que eu adoro:

CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE). Chorar de dor, de solidão, de tristeza faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes. Desejo para todo mundo esse olhar especial.

O próximo ano pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. O próximo ano pode ser o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular... ou... Pode ser puro orgulho!
Depende de mim, de você! Pode ser.
E que seja!!!
Feliz olhar novo!!!

Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"

Beijalilah's !!!

Gal Jalilah